quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

Como ser um usuário Linux em 10 passos

Aqui postarei alguns passos para fazer uma migração para um sistema Linux sem ter que virar um Jedi, ou Sith, ou Super Sayajin, ou Nerd mesmo.

1- Escolha uma distribuição conhecida: Escolha um Ubuntu, Fedora, Open Suse, Kurumin, Slackware, Debian, ou alguma outra que eu infelizmente não lembrei agora.. Qualquer coisa que tenha uma boa fama e um número relativamente grande de usuários, isso vai te ajudar quando precisar de suporte com alguma possível besteira que você fizer. PS: Não escolha distribuições que se dizer "iguais ao XP", digo isso porque se você vai mudar para linux tem que ter em mente que é um SO diferente, e se escolher uma dessas é capaz de xingar "ah mas no meu XP isso funcionava! não era pra ser igual?! então?! por que não funciona?!"

2- Tenha um amigo: Muito importante, tenha algum conhecido que tenha paciência para te ajudar, de preferência alguém que use a distribuição que você escolheu no primeiro passo. É muito mais fácil perguntar para alguém que provavelmente já sofreu com o problema que você está sofrendo do que sair fuçando em fóruns, etc.

3- Verifique se seu Hardware vai funcionar: Procure pesquisar no google, antes de instalar o linux, se a sua distribuição tem suporte à sua impressora, teclado, mouse, placa de vídeo, placa de som, e tudo mais que for usar. Se não tiver e o hardware não for TÃO importante assim não tem problema. Se for MUITO importante e não for atrapalhar seu uso do SO (se for uma impressora por exemplo), você pode ou fazer um Dual Boot, ou uma maquina virtual com XP. Você quem sabe. vale lembrar que se for fazer dual boot, faça o backup dos seus dados antes de instalar o Linux.

4- Instale o Automatix e Wine: Automatix é uma benção de Deus, o cara que inventou ele deve ser canonizado, ele simplesmente instala automaticamente quase tudo o que você vai precisar no seu novo desktop linux. Para instala-lo é bem fácil, pelo menos no ubuntu (distro que eu uso). Uns 3 comandos no terminal e pronto, você pode viver de cliques pro resto da vida. Wine é uma biblioteca que deixa você rodar programas windows no Linux, e pode ser instalado com um clique pelo Automatix.

5- Lembre-se: Linux NÃO é Windows (Agradecimento à Fabiane por achar o Link com o texto inteiro): Isso é um erro que muita gente comete, vai para o linux achando que não vai mudar nada no modo de usar o computador. Isso não é verdade. Por mais que o sistema seja parecido, o sistema de arquivos é diferente, a interface gráfica é diferente. Mude para Linux, mas tenha em mente que você vai ter que aprender algumas coisas novas e que vai ter que usar o terminal as vezes, e acredite, não dói.

6- O Google é seu amigo: Muitas vezes, se você quiser se aprofundar mais no SO, seu amigo não vai saber te ajudar, então você vai ter que desbravar o mundo da internet, sozinho, saiba procurar o que você quer achar, entre em listas de discussões, procure por duvidas parecidas com as suas, tente não criar tópicos repetidos, ninguém gosta disso. Procure no site das distribuições se eles têm algum canal de irc onde se pode tirar dúvidas.

7- Aprenda a rodar backups: Perdi as contas das vezes que eu ferrei meu X e tive que botar o arquivo de backup rodando, não é nada difícil, e nem é algo que você vai ter que fazer muito regularmente. Só se resolver sair fuçando. Aprenda os comandos básicos, como criar uma pasta, copiar um arquivo, editar textos. Isso não dói também, e é bem melhor poder mecher mexer em tudo por um arquivo de texto do que fazer as coisas às cegas e ficar a mercê de bugs que ninguém sabe como resolver.

8- Não se ache o malandrão h4x0r: Lembre-se muito disso, você é um iniciante, você usa uma distribuição simples e fácil. Não ache que você pode sair por ai invadindo sites de bancos. Neste momento você ainda da muitos cliques pra se achar alguém importante no submundo digital (não que eu seja, mas acho que muita gente pensa que quem usa linux é um hackerzão). Também não pense que todo mundo vai estar disponível para te ajudar sempre que fizer cagada. Seja paciente e mande trolls à merda, mas NÃO seja um.

9- Instale o Beryl: Se você tiver uma placa de vídeo decentezinha, instale o Beryl, um desktop 3D para linux(não sei se é fácil, pretendo fazer isso logo que eu formatar meu pc), ele deixa qualquer Aero no chão. Isso não vai mudar muito sua produtividade, mas você pode falar para todo mundo "Olha, eu uso linux e ele é muito mais bonito que o teu Vista, sem falar que é grátis".

10- Jogos: Um ponto importante. Dá de jogar no Linux sim, é complicado, chato, e configurar Wine é um pé no saco. Mas dá, caso não queira, faça um dual boot com XP, isso já resolve o problema se alguma coisa (tipo impressora) não funcionar no Linux.


Update
: algumas coisas que eu esqueci de dizer:

I- Linux é case Sensitive, ou seja, teste.txt é diferente de Teste.txt. Esquecer disso é a causa de 90% dos meus "puta que pariu! era pra funcionar esse comando! ta certo, caralho!"

II- Nunca dê privilegios de administrador pros outros: Já que você instalou o linux, qualquer pau que der no seu computador vai ser culpa sua, e VOCÊ vai ter que arrumar, logo, não deixe que seus parentes tenham acesso às configurações do computador, porque é muito mais facil arrumar uma merda que você fez, do que uma que outra pessoa que NÃO vai saber te explicar fez.

III- Cuidado com a interface gráfica, coisas mudam entre elas, Kubuntu é diferente de Ubuntu.
Use a interface que você mais gostar (procure no google por imagens de desktops com elas) as mais usadas são KDE(que tem um visual mais windows), Gnome(a que eu uso) e Xfce(que eu não conheço)

Programas equivalentes (Windows/Mac OSX/ Ubuntu)



Acho que seguindo todos esses passos você pode ser um Linux-User, feliz, realizado e de bem com a vida. Celebre sua liberdade e vá se embebedar e pegar mulher.

15 comentários:

Kurt disse...

booom, eu poste la no torto essas suas dicas, e postei tbm aonde colokei o video do linux um link pra suas dicas.
ps: se eu fosse mudar agora, seguiria suas dicas, mas net discada pra baixar ubuntu vai ser mo merda

Daniel disse...

Mais um item que devia colocar em destaque é que no caso do Ubuntu pode-se pedir que mandem CDs de graça pelo site em vez de precisar baixar.

Então, Kurt, sem desculpas. É só ir no site do Ubuntu e encomendar CDs de Ubuntu de graça. ;D

Fabio disse...

Definitivamente jamais usarei Linux na minha vida!
Alguns porques:

1-"PS: Não escolha distribuições que se dizer iguais ao XP". É tão mais fácil trabalhar com algo já familiar.
2-"Muito importante, tenha algum conhecido que tenha paciência para te ajudar". Como eu não tenho uma vagina, logo, ele tbm n tem paciencia. hauhauhuahuahuahuah
3-Meu PC rejeitou completamente o Ubuntu.
4-"O Google é seu amigo". Errado!!!!Ele só finge que é. Já descobri que ele é o anti-Cristo e sei de todos os seus planos de dominar o mundo.
5-"Jogos". Fodeu geral!

Thiago Berti disse...

Fabio:
1- Se tu coloca um linux parecido com o windows, ele vai ser só PARECIDO, não vai ser igual, dai quando aparecer a diferença tu vai falar "ai, mas no XP é diferente! e agora?!" Por isso eu acho melhor aprender algo novo.

2- Arranje uma vagina. Ou uma amiga linuxeira

3- Teu pc rejeitou o Famelix também

4- Sim, mas pelo menos ele ajuda.

5- Faz dual boot, não é difícil.

6- Obrigado pela visita.

Natan disse...

É bom poder utilizar o efeito do Windows Aero no Linux, principalmente para mim que estou pensando em mudar de sistema operacional.

Thiago Berti disse...

Natan, não tem Aero no Linux, mas tem o Beryl(como eu disse ali em cima).

No caso, o Beryl é muito mais bonito que o Aero(na minha opinião). Vide links no post.

Se você viu os links, um esclarecimento: o Aero não tem aquela visão de cubo. e o Famelix é um desses linux que é igual ao XP. Nesse caso ele está parecido com o Vista(leia o post do link para mais informações).

Sem falar que Vista+Aero consome muito mais computador do que Linux+Beryl

Cobalto disse...

Peralá!
você começa ensinando os leitores a usarem linux, depois no final, quando tava tudo certinho, só faltava o ponto final manda um "pegar mulher"

Linuxeiro de verdade faz isso não filho!

isso se chama contradição!

É por isso que só uso WINDOWS :)

karolbaggio disse...

"Eu também só uso windows também."

que merda é essa tejo????
hahahhahaha

Thiago Berti disse...

Caceta, tinha respondido errado Cobalto. Apaguei o comentario agora também, só por desaforo Ò_ó

Quanto ao pegar mulher... Bem... ahm... pode pular esse passo se faz tanta questão.

E, eu só uso Windows também

Thiago Berti disse...

Karol... Redundei, foi mal, já ta corrigido x)

Cobalto disse...

Pular esse passo q????
Só tô avisando porque você tá ensinando errado!

E como eu disse; eu uso WINDOWS!

Thiago Berti disse...

Cobalto,
1- Mandarei meu exercito de ninjas para acabar com sua vida

2- Como é o certo então?

3- ISSO AI! V FOR VISTA!

Seixas disse...

quem que o LINUX UBUNTU eu tenho ele o novo 7 pode falar que eu envio.

Seixas disse...

Esqueci do email pra entrar em contato: tecnicoinf.re@hotmail.com

Anônimo disse...

Não percebo estas guerras anti-sistemas operativos...cada um é livre de escolher o que quer. A única diferença é que uma escolha não custa dinheiro (em regra geral) e a outra custa.
O pensamento linux é bem mais avançado e ajustado à realidade que os copyrights do windows visto que cracks do win é o que mais há. E visto que será sempre possível crackar um SO.
Eu sempre fui win por negligencia minha do mundo dos OS mas desde que experimentei Kubuntu (com KDE 3.5) posso dizer que estou muito melhor que antes. Mais leve, rapido e de uma costumização poderosissima. É bastante surpreendente a diferença. Pelo menos para mim.
Nunca me canso de aprender linux :)
A persistência leva à perfeição
Ao menos não tou a fazer de pão para capitalistas ;)